PRIMEIRO PASSO

Hidrômetro

Confira o seu relógio de água (o hidrômetro). Deixe os registros na parede abertos, feche bem todas as torneiras, desligue os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários. Anote o número que aparece ou marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro. Depois de uma hora, verifique se o número mudou ou o ponteiro se movimentou. Se isso aconteceu, há algum vazamento em sua casa.

Canos da rede da SAECIL

Feche o registro na parede. Abra uma torneira alimentada diretamente pela rede da SAECIL (pode ser a do tanque ou quintal) e espere a água parar de sair. Coloque imediatamente um copo cheio de água na boca da torneira (como na figura acima). Caso haja sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.

foto-01

Canos alimentados pela caixa d'água

Feche todas as torneiras da casa, desligue os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários. Feche bem a torneira de bóia da caixa, impedindo a entrada de água. Marque, na própria caixa, o nível da água e verifique, após uma hora, se ele baixou. Em caso afirmativo, há vazamento na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d'água.

Tubulação embutida na parede

Se você sabe por onde passa o encanamento da parede, faça o teste da batida. Bata em toda a extensão do encanamento e veja se o som é diferente em alguma parte. O aparecimento de manchas com mofo e umidade e mudança da coloração do revestimento ou o desprendimento do revestimento (azulejo e pintura) também podem ser sinais de vazamento.

Piscinas

Coloque a água da piscina no nível normal. Encha um balde com água da piscina até 5 cm da borda. Posicione o balde no interior da piscina de forma que a água do balde mantenha a mesma temperatura da água da piscina e sem deixar que elas se misturem. Marque o nível de água no interior do balde e também o nível da piscina. Se após 24 horas, a água dentro e fora do balde descer a mesma quantidade, a sua piscina está a perder água devido à evaporação. Por outro lado, se o nível de água da sua piscina descer mais do que o nível da água dentro do balde, é bem provável que esteja com um vazamento. Se chover, recomece o procedimento.

foto-02

Reservatórios subterrâneos de edifícios

Feche o registro de saída do reservatório do subsolo e a torneira da bóia. Marque no reservatório o nível da água e, após uma hora, verifique se ele baixou. Se isso ocorreu, há vazamento nas paredes do reservatório ou nas tubulações de alimentação do reservatório superior ou na tubulação de limpeza.

Bóia em reservatório

Mantenha o registro do cavalete aberto e feche o registro de saída do reservatório e desligue a bomba de recalque. Marque no reservatório o nível de água e, após duas horas, verifique se ele baixou. Se o nível de água não baixar, então há um vazamento pelo extravasor que pode ser ocasionado por defeito na torneira da bóia.

Reservatório superior

Feche o registro de saída e a torneira do reservatório, desligue a bomba de recalque (edifícios). Marque o nível de água com um pedaço de barbante e giz. Aguarde duas horas e confira o nível de água. Se o nível de água baixou, há vazamento na canalização ou sanitários alimentados pela caixa d'água.

foto-03

Reservatório inferior

Mantenha o registro do cavalete aberto e feche o registro da saída do reservatório. Feche a bóia e marque o nível de água. Após duas horas, faça uma nova marcação e compare o nível de água. Se o nível baixou há vazamento no reservatório devido registro com defeito ou trinca no reservatório.

Torneiras

Este tipo de vazamento é caracterizado por torneira pingando quando fechada.Quando isso acontecer, troque o "courinho".
Gotejando, uma torneira desperdiça 46 litros por dia por dia ou mais de mil litros de água por mês
Um filete de mais ou menos 2 milímetros totaliza 4.130 litros por mês.
E um filete de 4 milímetros, 13.260 litros por mês de desperdício.

foto-04

*Lento: até 40 gotas/min | *Médio: entre 40 e 80 gotas/min | *Rápido: entre 80 e 120 gotas/min | *Muito rápido: acima de 120 gotas/min

Vasos Sanitários

1º Jogue borra de café no vaso sanitário;
2º O normal é a borra ficar depositada no fundo do vaso;
3º Em caso contrário, é sinal de vazamento na válvula ou na caixa de descarga.

Obs: Nas bacias cuja saída da descarga for para trás (direção da parede), deve-se fazer o teste esgotando-se a água. Se a bacia voltar a acumular água, há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.

foto-05

Fonte: SABESP